Adolescente morre após ser baleada no Recife; acionada, PM diz que não revidou ataque de suspeitos

Por Cristiano Rodrigues 20/02/2024 - 13:16 hs

Uma adolescente de 13 anos morreu nessa segunda-feira (20) após ser atingida com um tiro na cabeça durante uma ação envolvendo criminosos e policiais militares, ocorrida no último sábado (17), na comunidade Vila São Miguel, no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife.

A vítima foi identificada como Vitória Maísa Martins de Souza. O crime aconteceu na rua Turiacu, na noite do sábado. De acordo com a Polícia Militar, agentes do 12º Batalhão pediram apoio à Central de Operações após dois criminosos, que estavam em uma moto, atirarem contra os policiais.

 

Segundo a corporação, no momento dos disparos, os agentes de segurança não revidaram e também não foram atingidos pelos tiros. Os suspeitos fugiram do local logo em seguida.

"Porém, uma adolescente foi atingida por um disparo de arma de fogo na cabeça, sendo socorrida pelo policiamento até a Policlínica de Afogados, onde, após atendimento médico, foi transferida para o Hospital da Restauração", explicou a PM.

 

Vitória Maísa não resistiu aos ferimentos e morreu nessa segunda-feira (19), na unidade de saúde da área central do Recife. Ainda de acordo com a PM, o efetivo continua realizando buscas a fim de encontrar e prender os suspeitos. 

"A PMPE orienta a população que forneça informações através da central do 190, apresentando características físicas dos suspeitos e do veículo utilizado na ação criminosa. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo e não há necessidade de se identificar", destaca a corporação.

A Polícia Civil de Pernambuco informou que o caso foi registrado como homicídio consumado. As investigações foram iniciadas e seguem até o esclarecimento do ocorrido.

Confira nota da PM na íntegra:
"Na noite de sábado (17), na Vila São Miguel, em Afogados, policiais militares do 12 BPM pediram apoio à central de operações, informando que dois indivíduos em uma motocicleta teriam efetuado disparos de arma de fogo contra o efetivo que não teria revidado. Porém, durante o ocorrido, uma adolescente foi atingida por um disparo de arma de fogo na cabeça, sendo socorrida pelo policiamento até a Policlínica de Afogados, onde após atendimento médico foi transferida para o Hospital da Restauração. Os suspeitos se evadiram e o efetivo não foi atingido pelos disparos e continua realizando buscas a fim de encontrar e prender os suspeitos. A PMPE orienta a população que forneça informações através da central do 190, apresentando características físicas dos suspeitos e do veículo utilizado na ação criminosa. A identidade dos denunciantes é mantida em sigilo e não há necessidade de se identificar".