Quem passar trote a prestadores de serviços públicos poderá ser multado

Se o PL for aprovado no Plenário da Casa Joaquim Nabuco o texto será incorporado à uma Lei Estadual já existente

Por Cristiano 09/11/2018 - 07:18 hs

Quem acionar indevidamente serviços de emergência como Samu, Corpo de Bombeiros e policiais poderá ser multado em até R$ 1.000. A Comissão de Administração Pública da Alepe deu parecer favorável ao Projeto de Lei que prevê esse tipo de punição em caso de trote. A preposição de autoria do deputado José Muricio (PP), ainda estabelece que o valor poderá ser duplicado em caso de reincidência. 

Ouça a reportagem de Samuel