Operação Ano Novo: em Pernambuco, nove pessoas morreram em acidentes

Por Cristiano 02/01/2019 - 12:15 hs

Nove pessoas morreram em acidentes em rodovias federais de Pernambuco durante o feriadão de Ano Novo. Os dados da operação foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) nesta quarta-feira (2). Este ano, entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro de 2019, foram registrados 56 acidentes, que deixaram 45 pessoas feridas. No ano passado, a operação teve um dia a menos e foram contabilizados 53 acidentes, com 35 feridos e três mortes.

Durante os dias de operação, foram fiscalizados 3.393 veículos e 4.048 pessoas, sendo emitidas 1.501 multas por infrações como o não uso do cinto de segurança (117); ultrapassagens em local proibido (116); falta de cadeirinha (32) e ausência de capacete (23). Foram realizados 1.842 testes com o bafômetro, que resultaram em 46 autuações e sete prisões de motoristas sob o efeito de álcool.

A PRF recolheu, durante a operação, 182 veículos, 106 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLVs) e 54 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) devido a irregularidades. Sete pessoas foram presas por receptação, uso de documento falso e violar suspensão do direito de dirigir, entre outros crimes.

O acidente mais grave ocorreu na noite dessa terça-feira (1º), no quilômetro 54,3 da BR-101, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Um motorista de aplicativo perdeu o controle do veículo na rodovia, capotou e caiu em um córrego de aproximadamente cinco metros. Com o impacto, o condutor e quatro passageiros que estavam no automóvel morreram.

Os quatro passageiros eram da mesma família e tinham ido passar o feriado na casa de parentes no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Eles haviam solicitado um motorista por aplicativo para retornar para Igarassu, onde moravam. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no sentido Paulista-Recife, por volta das 19h10.

O servidor público aposentado Marcelo Ferreira Alves, de 62 anos; a esposa de Marcelo, Edna Severina Alves, de 58 anos; os irmãos e filhos do casal Douglas Alex de Lima Souza, de 23 anos e Levi Ferreira Alves, de 20, morreram na hora do acidente. Além deles, o condutor do veículo, George Ricardo de Oliveira Moura, de 32 anos, também faleceu. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local e atestaram que a alta velocidade pode ter causado o acidente.